NOTÍCIAS

Cliente Agros do MS destaca parceria com a empresa em revista de circulação nacional

07/DEZ/2019

O ciclo 2019/2020 ficará marcado pela liderança do Brasil na produção mundial de soja (ultrapassando as 125 milhões de toneladas), desempenho que é resultado do aumento na safra nacional combinado com problemas climáticos nos EUA.

A perspectiva é de que o incremento da cultura se mantenha nos próximos anos, com números grandiosos para toda a economia do País.
No campo, os desafios para a manutenção do crescimento são importantes, e envolvem, sobretudo, a busca pelo avanço da rentabilidade com sustentabilidade.
Com essa pauta, a Revista ‘A Granja’ de dezembro de 2019 trouxe entrevistas com produtores que são referência no setor, entre eles o cliente do Grupo Agros e presidente da Associação de Produtores de Soja de Mato Grosso Sul do Sul (Aprosoja/MS), André Dobashi, do município de Antônio João/MS.

Lucro deve ficar acima dos investimentos de médio risco
Para Dobashi, a evolução da produtividade está na busca constante por melhorias com foco na lucratividade, algo, segundo o produtor, que o sócio-fundador da Agros, Adalberto Coimbra, legou ao seu negócio. ‘Projetamos a redução de custos, a melhoria da plantabilidade e das condições do solo, a comercialização bem-feita. O lucro líquido não pode cair em função do aumento de produtividade. E esse lucro deve sempre ficar acima dos investimentos de médio risco do mercado”, disse Dobashi à Granja.
Mais adiante na entrevista, o empresário listou fatores perseguidos com mais veemência na rotina da propriedade, e destacou a importância das ferramentas de gestão do Grupo Agros. “Aprendi a lição quando tive a oportunidade de participar de um grupo de benchmarking em gestão. Inicialmente, montado com três amigos de Maracaju/MS para discutirmos ações que cada um fazia em sua propriedade, o grupo ganhou força quando adotamos a mesma ferramenta de gestão desenvolvida pelo Grupo Agros”, afirmou.

Agradecimento
Para o Grupo Agros, a parceria firmada com André Dobashi e os demais clientes de Maracajú tem sido profícua e honrosa, trazendo resultados positivos a ambos. A citação do Grupo durante a entrevista reforça estes laços, assim como o carinho e o reconhecimento prestado ao sócio-fundador da empresa, Adalberto Coimbra. Que a safra que se avizinhe repita o êxito das anteriores, e avance ainda mais. Dobashi, conte conosco. Obrigado.

COTAÇÕES (CBOT - CHICAGO)

GRUPO AGROS

03/08/2020 às 13:51
SOJA
MILHO
TRIGO
Agropan - Tupanciretã/RS
108,50
45,00
57,00
Camnpal - Nova Palma/RS
107,50
45,00
55,00
Coopatrigo - São Luiz Gonzaga
108,50
44,00
54,00
Cotrel - Erechim/RS
105,00
46,00
55,00
Cotribá - Ibirubá/RS
108,50
45,00
57,00
Cotrijuc - Julio De Castilhos/RS
108,50
45,00
55,00
Cotrisal - Sarandi/RS
108,00
44,50
55,00