NOTÍCIAS

Assessor Agros dá dicas de como evitar perdas com Spodopteras nas culturas de inverno

25/JUN

Nos últimos 20 dias, com a ausência das chuvas, o plantio de trigo na região das Missões, principalmente São Luiz Gonzaga, ocorreu bem e de forma rápida.
No entanto, a falta de umidade fez com que o estabelecimento se desse de modo desuniforme. Soma-se a isso temperaturas elevadas para a época - e temos um ambiente propício ao aparecimento de lagartas, principalmente Spodopteras.
Embora a infestação da praga provoque inicialmente danos leves (com lesões quase imperceptíveis na folha), se não observado a tempo, o dano se potencializa com a mudança de característica da praga, passando ao ‘hábito de rosca’ - cortando as plantas rente ao solo, causando estragos importantes e muitas vezes irreversíveis.
Conforme o assessor do Grupo Agros, Felipe Bortolin, o controle, a partir do momento em que a lagarta atinge o solo, é mais difícil e deve ser feito com produtos específicos e doses mais elevadas, preferencialmente entre o fim da tarde e início da noite. A umidade também é importante na melhora da eficiência, sendo preferível, se possível, aplicação pré-chuva.
Há áreas, hoje, com incidência bem elevada de Spodopteras - com oito a dez pragas por m².
Ainda segundo Felipe, é importante destacar que, quando a praga é identificada antes da semeadura, o ideal é posicionar o controle junto a dessecação pré-trigo.
Com a normalização do clima e a ocorrência de geadas, é esperado que haja diminuição do avanço da praga, não sendo descartado, até, que haja um controle natural.

COTAÇÕES (CBOT - CHICAGO)

GRUPO AGROS

11/11/2019 às 13:52
SOJA
MILHO
TRIGO
Agropan - Tupanciretã/RS
76,50
34,00
38,00
Camnpal - Nova Palma/RS
77,50
35,00
38,00
Coopatrigo - São Luiz Gonzaga
75,00
33,00
37,00
Cotrel - Erechim/RS
79,00
37,50
43,00
Cotribá - Ibirubá/RS
78,00
33,00
38,00
Cotrijuc - Julio De Castilhos/RS
78,00
35,00
38,00
Cotrisal - Sarandi/RS
77,50
34,50
39,00